23 de Jan de 2018
 
Publicidade:
Pafac
 
Fabio Rações
 
 
30/12/2017
 

Conheça os cachês das atrações do Festival da Virada

A grade de atrações que a prefeitura de Salvador montou para receber 2018 é recheada de atrações de peso. O peso, no entanto, se mantém também em alguns cachês, que beiram meio milhão.

Os pagamentos, segundo a Saltur, foram todos feitos pelos patrocinadores da festa. A prefeitura desembolsou somente dinheiro para serviços, como trânsito e montagem de palcos e estruturas.

Comandante da virada, a cantora Ivete Sangalo colocara R$ 400 mil no bolso. O valor foi o mesmo abocanhado por Marília Mendonça e Jorge e Mateus. Os três receberam os maiores valores.

Ex-Chiclete com Banana e dono de diversos hits da música baiana, Bell Marques receberá R$ 300 mil pelo show. Claudia Leitte, que se apresentou nesta sexta-feira (29), faturou R$ 250 mil. Valor um pouco abaixo do recebido pelo sertanejo Luan Santana, dono da música mais tocada em 2017 no país: R$ 240 mil.

A banda mineira Skank, pela apresentação, recebeu R$ 230 mil, mesmo valor que receberá a “Rainha Má”, Daniela Mercury. Para ouvir o sertanejo de Gustavo Lima, é preciso pagar o cachê do artista que está em R$ 220 mil, maior que os R$ 200 mil recebidos por Gilberto Gil, Alok, Aviões, Carlinhos Brown e Matheus e Kauan.

A banda Jota Quest, que anima o público neste sábado (30), levará R$ 170 mil. Já Saulo, recebeu R$ 140 mil pela apresentação. Ex-Aviões, Solange Almeida recebeu R$ 135 mil para animar o público da Arena Daniela Mercury.

Pabllo Vittar, uma das maiores revelações de 2017, recebeu R$ 100 mil para cantar K.O. O mesmo valor foi pago à tradicional banda de pagode, Harmonia do Samba.

Os tambores do Olodum irão ressoar na festa da virada por R$ 80 mil. Já o samba de Mariene de Castro e a batucada de Amanda Santiago receberão R$ 60 mil. Margareth Menezes agita o dia 1º por R$ 55 mil, quase o mesmo valor de Duas Medidas, que cobra R$ 50 mil por show, e Daniel Vieira, que recebe o mesmo valor do grupo.

Rafa e Pipo levaram a nova geração do Axé por R$ 40 mil ao festival. Malê de Balê, Muzenza (ambos R 30 mil), Cortejo Afro (R$ 35 mil), Ilê Ayiê e Filhos de Gandhy ( R$ 40 mil) completam a lista.

O bahia.ba não conseguiu identificar os cachês de Wesley Safadão, Léo Santana e Psirico.

 
 
 
Publicidade
Léo Confecções
 
A&B Consultoria
 
JUDÔ
 
 
 
 
 
© Informe Bahia 2013 - Todos os direitos reservados