13 de Nov de 2019
 
Publicidade:
Pafac
 
Iedo
 
Tá Na Rua
 
Santaluz
 
 
30/10/2019
 

Candidatura de João Roma encontra resistência máxima de articuladores do governo

De olho na movimentação dos partidos que formam sua base de apoio visando as eleições de 2020, o prefeito ACM Neto (DEM) tem uma certeza, segundo assessores próximos: não aceitará a candidatura de João Roma a prefeito de Salvador.

O bahia.ba apurou que o chefe do Palácio Thomé de Souza tem como prioridade a renovação da parceria com o PRB, por considerar o partido fundamental para os seus planos de fazer um sucessor no pleito municipal.

No início desta semana, circulou a informação de que caciques nacionais da legenda começaram a pressionar o diretório baiano para lançar João Roma como candidato a prefeito.

Uma candidatura do PRB em Salvador é considerada “perigosa” pela articulação política do governo porque tiraria diretamente votos de Bruno Reis (DEM), caso ele seja efetivado como candidato de Neto, afastando dele a possibilidade de uma vitória no primeiro turno.

Ligado a Neto, embora bem relacionado dentro do PRB, Roma não cogita sequer levar adiante a ideia.

Integrantes do PRB contaram à reportagem, de forma reservada, que a ideia é fazer no mínimo cinco vereadores na capital baiana, no ano que vem. Para isso, precisa de um candidato a prefeito ou da ajuda do prefeito ACM Neto na montagem da chapa proporcional.

 

Bahia.Ba

 
 
 
Publicidade
Tom
 
Léo Confecções
 
A&B Consultoria
 
Prefeitura de Valente
 
 
 
 
 
© Informe Bahia 2013 - Todos os direitos reservados