14 de Dez de 2018
 
Publicidade:
Pafac
 
Tá Na Rua
 
Santaluz
 
 
09/01/2018
 

Governo do Estado moderniza igrejas do Senhor do Bonfim e da Conceição da Praia

Ainda faltam aproximadamente 48 horas para a tradicional Lavagem do Bonfim, mas o governador Rui Costa se antecipou e esteve, na manhã desta terça-feira (9), na Igreja Nosso Senhor do Bonfim, na Colina Sagrada, na península de Itapagipana, em Salvador. O motivo da visita foi a assinatura de ordem de serviço para modernização das instalações elétricas da Basílica. A Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia, no bairro do Comércio, também foi beneficiada com a ação.

Com investimentos próprios do Instituto do Patrimônio Cultural e Artístico da Bahia (Ipac), vinculado à Secretaria da Cultura do Estado (Secult), as obras englobam, na Igreja do Bonfim, melhorias, requalificação e modernização das instalações elétricas, onde serão investidos cerca de R$ 420 mil. Na Conceição da Praia, os recursos superam R$ 200 mil, com limpeza de pedra lioz e pintura das fachadas laterais, com restauração das esquadrias e gradis.

 “Se vocês observarem, tem muita fiação exposta aqui. Ao longo dos anos, as instalações elétricas foram sendo adaptadas. Todos sabem do risco de uma instalação elétrica feita de forma improvisada, sem acompanhar as normas. Isso aqui é um grande patrimônio religioso, cultural e do turismo, que tem uma força muito grande de geração de emprega e renda. Aqui tem muitas obras de arte de uma simbologia extraordinária, não só para o povo das Bahia, mas o do povo do Brasil. Portanto, não poderíamos deixar que o risco continuasse existindo”, afirmou Rui, salientando que a execução de todo o projeto elétrico vai durar quatro meses. “Com isso, nós estamos dando uma segurança nas instalações, garantindo que esse patrimônio não corra nenhum risco na sua preservação”.

Sobre a Conceição da Praia, o governador afirmou que a frente do templo, “que é muito bela, ao ser castigada pelo tempo, precisa periodicamente de uma limpeza", que será feita por especialistas para preservar o patrimônio, “porque não é uma limpeza qualquer”.  Também será executada ao longo de quatros meses, complementada com o trabalho de “recuperação da parte de estrutura de madeira, retirando os cupins e trocando as peças que estão com problema”.

As demandas são das próprias irmandades, que procuraram o governo estadual para realizar a manutenção dos templos. De acordo com o diretor geral do Ipac, João Carlos Oliveira, "é preciso entender que são igrejas das mais antigas de Salvador, que precisam passar por esse processo de modernização". Em quatro meses, as obras deverão estar finalizadas. Acompanharam também o governador na visita, os secretários estaduais de Cultura, Arany Santana, do Trabalho, Emprego, Renda e Esportes, Olívia Santana,  e do Turismo, José Alves.

"Essa recuperação veio em momento muito especial. A cada dia temos mais movimento e aumenta a necessidade de utilização da parte elétrica, que hoje está superada, mas será totalmente atualizada", comemorou o padre Edson Menezes, reitor da Basílica do Senhor do Bonfim. "A igreja da Conceição da Praia é a padroeira única do estado da Bahia e um patrimônio do povo que merece brilhar", afirmou o vigário do santuário, o padre José Ribamar. O ambulante Lucimário Nascimento frequenta o local todos os dias e ficou feliz com a novidade. "Vai ficar ainda melhor. Esse lugar merece o melhor tratamento".

 

Lavagem do Bonfim

Realizada sempre na segunda quinta-feira do ano, a festa leva uma verdadeira multidão às igrejas.  Turistas e baianos vão começar a caminhada de oito quilômetros na Conceição da Praia e seguem, vivenciando todo o sincretismo, até a Colina Sagrada, onde acontece a tradicional lavagem do adro da igreja. A devoção ao Senhor do Bonfim na Bahia teve início em 1745, quando o capitão-de-mar-

 
 
 
Publicidade
Prefeitura de Valente
 
Léo Confecções
 
A&B Consultoria
 
 
 
 
 
© Informe Bahia 2013 - Todos os direitos reservados