16 de Agosto de 2018
 
Publicidade:
Santaluz
 
Pafac
 
Tá Na Rua
 
 
06/08/2018
 

PSDB ameaça sair sozinho na eleição proporcional; clima é de revolta contra Neto

A “revolta” dentro da base do prefeito ACM Neto (DEM) ganhou dimensões maiores nos últimos dias. O movimento das legendas menores de formar “chapinhas” causou uma reação dos pré-candidatos de siglas maiores, como DEM e PSDB, que se sentiram prejudicadas com o arranjo em termos de perspectiva de votos.

Na última semana, já havia sido anunciada a chapa do PHS, PSL e PPS. Agora, foi oficializada a composição entre PSC, PTB, PPL e SD.

Em reação ao movimento do Partido Social Cristão, a bancada do DEM está reunida nesta segunda-feira (6) para discutir uma estratégia. É cogitada, inclusive, a possibilidade de retirar o apoio ao pré-candidato a senador Irmão Lázaro (PSC).

Os tucanos, por sua vez, já decidiram que, caso o PSC não recue, sairá sozinho na disputa proporcional (Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa), abandonando a chapa atualmente formada com DEM e PRB.

Nos bastidores, a insatisfação com Neto é crescente. A avaliação de aliados é de que o democrata “perdeu a liderança” diante do grupo.

*Bahia.ba

 
 
 
Publicidade
Prefeitura de Valente
 
Léo Confecções
 
A&B Consultoria
 
 
 
 
 
© Informe Bahia 2013 - Todos os direitos reservados