25 de Maio de 2019
 
Publicidade:
Iedo
 
real calçados
 
Santaluz
 
Pafac
 
 
14/03/2019
 

WhatsApp saiu do ar por conta de tragédia em Suzano? Não caia nessa

 

Na tarde da última quarta-feira, 13, o Facebook, o Instagram e o WhatsApp passaram por uma séria instabilidade, deixando diversos usuários sem acesso às funções básicas dos aplicativos. Isso no mesmo dia em que dois jovens mataram oito pessoas em Suzano, na Grande São Paulo, num ataque à Escola Estadual Raul Brasil.

Começou a circular nas redes sociais e principalmente no WhatsApp a tese de que as duas notícias estavam relacionadas. Em uma das mensagens, usuários dizem que Facebook, Instagram e WhatsApp foram bloqueados por tempo indeterminado por conta da repercussão da tragédia. Em outra, disseram que era "porque estão investigando as redes".

Não caia nessa. A tragédia em Suzano não tem qualquer relação com a instabilidade dos aplicativos do Facebook na quarta-feira. A própria empresa, que administra também os apps do WhatsApp e do Instagram, confirmou que uma coisa nada tem a ver com a outra.

A instabilidade ocorreu no mundo todo, e não só no Brasil, e, segundo o próprio Facebook, foi fruto de problemas técnicos. Nenhuma autoridade mandou "bloquear" os aplicativos. A empresa também confirmou que a queda não foi fruto de um ataque hacker de negação de serviço (DDoS).

Segundo o site DownDetector, que monitora quedas de aplicativos e serviços online, o Brasil foi um dos países mais afetados pela instabilidade - justamente por ser um dos países que mais usam o WhatsApp.

Além de culpar "problemas técnicos", o Facebook não deu detalhes sobre o que causou a instabilidade. Se você receber uma mensagem dizendo que a tragédia de Suzano tem algo a ver com essa história, não repasse! E avise ao usuário que te mandou que essa corrente é "fake news".

 

 
 
 
Publicidade
Prefeitura de Valente
 
Léo Confecções
 
Tom
 
A&B Consultoria
 
 
 
 
 
© Informe Bahia 2013 - Todos os direitos reservados