Na Bahia e ao lado de Roma, Bolsonaro fala em ‘ultimato’ ao se referir a ministros do STF e cutuca Rui por fechamento do comércio

0
98

Mesmo sem citar nominalmente os ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, ambos do STF, o presidente Jair Bolsonaro falou em “ultimato” contra eles na manifestação que será realizada na próxima terça-feira, 7 de Setembro, dia da Independência do Brasil.

A fala ocorreu na manhã de hoje (3) durante a cerimônia de assinatura de contrato de concessão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) realizada no município de Tanhaçu, na Bahia. “Não podemos admitir que uma ou duas pessoas, usando da força do poder, queiram dar um rumo para nosso país”, disse.

“Essa uma ou duas pessoas têm que entender o seu lugar”, continuou Bolsonaro. “Nas ruas, na próxima terça-feira, no dia 7, será o ultimato para essas duas pessoas”, acrescentou o presidente.

Bolsonaro também voltou a criticar governadores devido ao fechamento do comércio durante a pandemia, incluindo Rui Costa (PT), o qual se referiu apenas como “governador deste estado”.

O evento contou com a presença dos ministros João Roma (Cidadania), Tarcísio de Freitas (Infraestrutura) e Gilson Machado (Turismo); dos deputados federais Paulo Azi (DEM) e Jonga Bacelar (PL); dentre outras lideranças.

Via Politica Livre